Archive for Abril 2013

Quadradinho de 4... ANOS!


Vocês, inocentes da minha geração, que achavam que o fim do mundo se daria por meteoros ou tsunamis, não estavam preparados pra isso!



Sim queridos pingadores! O mundo acabou há algum tempo e ninguém se tocou porque simplesmente geral continua vivo. O mundo acabou junto com a inocência! Essas crianças ainda não devem saber limpar a bunda sozinhas! Acabam de cagar e gritam "Manhêêêê! Cabei!" porque não conseguem nem dobrar a porra do papel higiênico!

O pior é que essa merda é incentivada pela mídia! A gente abre o jornal e dá de cara com o guia ilustrado passo-a-passo ensinando o maldito "quadradinho de 8". Ou seja, essa merda não tem nexo e ainda é incentivada!

"Ahhhhhh! Mas isso é cultura..." 

Pior que é. É a cultura brasileira. É a mesma cultura que dá fama pra Mulheres Frutas, Andressas Urachs e Carlas Perezes. Costumo dizer que eu sou carioca e o funk não me representa. E não é porque não gosto de funk, é pela mensagem que ele passa. Eu admitiria que as pessoas gostassem de funk se essa merda fosse sem letra, pq o argumento é sempre de que "o ritmo é gostoso de dançar". OK! Pode ser... Mas a mensagem é escrota toda vida! E é a mensagem que traduz a porra da cultura!

Cara... Chega. Tô puto. Vai tomar no cu todo mundo e foda-se.


segunda-feira, 29 de abril de 2013
Posted by Leo Coutinho

Moça de Família


Sabemos que o mundo está cheio de moças de família. Mas sempre tem aquelas que se destacam! Ultimamente rodam muitas notícias sobre uma moça chamada Andressa Urach e, geralmente, sobre sua enorme inteligência derrière.


Mas, como toda moça de família que se preze, não basta ser conhecida pelo talento interno. Moças de família precisam fazer algo que as capacite a ser reconhecidas como moças comportadas e recatadas que são.

O portal R7 noticiou uma nota que a moça não gostaria que viesse à tona. A moça passou uma noite, apenas uma noite, com o craque do Real Madrid, Cristiano Ronaldo.


A pedido do craque, Andressa Urach tentou guardar segredo mas, como a história vazou, a moça contou poucos detalhes da noite. "Ele não parava de falar sobre meu bumbum. Estava obcecado", disse a moça que, ainda na tentativa de guardar segredo, disparou:

— Nós nos olhamos e, simplesmente assim, começamos a nos agarrar. Ele é fantástico, foi incrível, o melhor momento da minha vida. Seu corpo é perfeito, como algo dos deuses. Ele é tão bombado, não tem uma grama de gordura no corpo. Nem posso acreditar, nunca estive com alguém como ele, tinha o cheiro do paraíso e continuou o sexo por horas. E, sim, é bem dotado. 

Como foi possível perceber, a moça conseguiu ascender ao patamar de moça de família incontestavelmente. Ahhhh esse mundo... Cada vez mais decente. ¬¬

Nota 1 : A matéria completa, com todo o recato da moça pra falar sobre o assunto, você pode ver aqui.

Nota 2 : Apesar de achar ridículo a explanação da moça, o grande filho da puta da história é ele, afinal, ela é solteira. Ele, não.

Nota 3 : Isso não tem relevância nenhuma nas nossas vidas mas hey! O que eu posto aqui tem?

Edit 1 : Se você deseja o cara bonitão, famosão, ricão, saradão e pauzudo, como destacou a moça da entrevista, você é tão moça de família quanto ela. O cara tem mulé! Compromissado! E já provou que vai te largar pelo primeiro par de bunda/peito que ele achar interessante. 
domingo, 28 de abril de 2013
Posted by Leo Coutinho

Hora do Almoço

Se você um dia entrar em um restaurante e só tiver gente feia lá dentro, não se engane: A COMIDA É UMA MERDA!


Como vocês não sabem, mudei há pouco o meu local de trabalho. O novo escritório não fica na melhor das localidades. Então, fui-me a caça de um restaurante razoável (custo x benefício) para almoçar. Encontrei um restaurante que parecia promissor por fora. Resolvi experimentar. Ledo engano. Ao entrar, deparei-me com uma mocinha estranha me oferecendo a comanda do self-service e dizendo "a comida é por peso". Estranhei, visto que não perguntei porra nenhuma pra rapariga. O restaurante estava ainda meio vazio, pois ainda era meio dia, um pouco cedo.

Olhei as mesas e só tinha gente feia. Mas quando eu digo feia, eu digo feia de verdade. Muito feias! Gente que provavelmente pegou o trem pra vir para o centro da cidade mas que não teve tempo de preparar suas marmitas em casa.

Preconceituoso? Eu? Não. Não tenho nada contra pobre. Mesmo. Só que gente feia não me engana. Fui pegar a comiga e, logo acima do balcão da comida tinha uma imagem de um simpático cozinheiro gordo de bigodes, bem estilo Mario Bros, só que era um desenho tipo clipart em tamanho gigante. Notei que este desenho estava pendurado em muitas paredes pelo restaurante. Super-decoração, só que não.

Percorrri o balcão de comida e não era dos melhores. Mas pelo pouco tempo que eu tinha, achei melhor pegar um arroz, feijão, bife e batata frita. Para minha surpresa, ou nem tanto, tinha ovo frito! Adoro ovo frito! Com um prato simples desse, não tem erro né? Quem dera...

Pela primeira vez na vida vi um arroz parbolizado empapado. O feijão tinha gosto de terra. A batata frita era murcha. O ovo tava bom (YEAH)! E a carne me deu a impressão de estar comendo a Gracyanne Barbosa, canibalisticamente falando, de tanto músculo que tinha. Temço!

Enfim... Por fora o restaurante pareceu interessante. Mas nunca confie num lugar onde só tem gente feia!
quarta-feira, 24 de abril de 2013
Posted by Leo Coutinho

Violência Doméstica no Lar!

Fico indignado vendo leis-marias-da-penha sendo criadas indiscriminadamente para proteger direitos de mulheres, negros, homossexuais, animais e o que mais for. Mas não vejo criarem leis para nos proteger, homens, contra a crescente onda de violência doméstica!


Então, o Pingo Na Cueca vem reforçar a campanha nas redes sociais contra a violência doméstica dentro de casa que os homens vêm sofrendo em seus lares! Lugares onde deveríamos ser tratados como reis provedores que somos, termos paz e recebermos nosso tão batalhado sexo oral de cada dia!

Com a inclusão feminina disseminada no mercado de trabalho no século XX, e aumentando exponencialmente rumo ao poder supremo, exemplo de Brasil e Argentina que hoje possuem presidentas, a tendência dessa covarde cena é crescer em ritmo acelerado!

Homens! Juntem-se a nós nessa empreitada contra a violência doméstica no lar contra o sexo masculino! Lutemos para que possamos voltar ao nosso lugar de origem! De onde nunca devíamos ter saído! Que é o nosso sofá, com o controle da TV numa mão, cerveja gelada na outra e nossas cônjuges abocanhando nossa vigorosa cabeça peniana num merecido boquete de reconhecimento pelo esforço do provimento do lar, mesmo que ganhemos um salário mínimo!

Compartilhem essa campanha, cuecada!!!!!!






domingo, 21 de abril de 2013
Posted by Leo Coutinho

Um Domingo Comum...


Um dia comum, quando você acorda se sentindo apenas mais um mortal no mundo.

Desperta lentamente. Chove lá fora. Aquela preguiça de sair de baixo do edredon. Confortável, quentinho. Um domingo praticamente perfeito. Silêncio em casa. Nada de bom passando na televisão. Na verdade, seus olhos ainda tentam se acostumar com a claridade do dia.

Você resolve tomar um banho. Levanta e se dirige lentamente ao banheiro. Liga o chuveiro e coloca a água numa temperatura quentinha, bastante agradável. Despe-se. Entra no banho.

Deixa a água bater no seu corpo. Levanta a cabeça e deixa o sono descer pelo ralo junto da abundante água quente que sai do chuveiro. Apenas mais um banho comum num dia comum...

Então você pega o sabonete e deixa ele escapulir...

E TODA A SUA VIDA MUDA QUANDO VOCÊ PEGA O MALDITO SABONETE ANTES DE ELE CAIR NO CHÃO E SE SENTE O SER MAIS FODA DO UNIVERSO!!!!!!!!

UMA DÁDIVA DOS NINJAS!!!!!!!!


Posted by Leo Coutinho

Cueca Nova!


Pessoal... Estou passando por um período rápido de mudanças.
Vou aproveitar e mudar a roupa do meu humilde bloguito!
Breve, cara nova! Ou melhor, CUECA NOVA!
Pq cueca nova não escapa da última pingada!
=)
sexta-feira, 12 de abril de 2013
Posted by Leo Coutinho
Tag :

Rosalino - O Dançarino

Conheçam Rosalino.
Uma pessoa a frente do seu tempo.
Um sujeito que caminha a passos largos rumo ao posto de mito brasileiro.
Ele que, com seu jeito humilde, vai revolucionar a dança moderna contemporânea.

Observem com atenção a graciosidade rítmica de Rosalino. Seus passos suaves. Sua interpretação shakespereana de pessoa sonolenta que, de repente, resolve dançar ao contagiante e singelo som da região nordestina brasileira. Observem e tirem como lição!

Esse rapaz, que com certeza estudou interpretações irretocáveis de artistas de primeiro escalão como Sidney Magal, Falcão, Stefhany do Crossfox, Steven Segal, Ricardo Macchi, Lessie e Rintintim, vai deixar marcado na sua memória a arte da dança.



Ví enquanto pagava meus pecados no NãoSalvo.
Posted by Leo Coutinho

Mais Lidos

Facebook

O Mijão no Instagram

Pingos pelo Twitter

- Copyright © Pingo na Cueca -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -