Posted by : Leo Coutinho sábado, 29 de setembro de 2012

Eu poderia relatar aqui a aventura que foi o momento que perdi minha virgindade como homem-macho-heterossexual, mas tenho certeza que vocês têm uma história muito mais interessante que a minha nesse quesito. Então, aproveitando o gancho do primeiro post da minha nova colaboradora, vou contar sobre o dia que perdi as pregas...

Pois é caros amigos. É isso mesmo. Já tive um corpo estranho em meu íntimo interior. Já fui penetrado. E foi bastante fundo. Vou relatar aqui a primeira (e única até agora) colonoscopia que fiz.


Resumindo a história: eu comecei a cagar muito e sentir cólicas mortais. Passei noites em emergências e perdi eventos importantes. Então comecei a investigar e depois de uma série de exames sem resposta, meu médico me passou a temida colonoscopia.

Agora que vocês conhecem a história, vou falar sobre minha aventura pro tão sonhado exame. O post pode ficar um pouco grande. Não leiam isso comendo.

Comentei ali que comecei a cagar muito né. Pois bem. Eu tinha fortes diarréias diárias. Morria de medo de sair na rua e sofrer um "acidente". Evacuava demais.
Então... Vocês têm ideia de como é feito o preparo pra esse exame? Laxantes. Isso mesmo. Laxantes pra quem já tem diarréia forte! Foram 3 dias limpando o intestino para o exame. Eu sentia dores horríveis! O papel higiênico parecia que rasgava minha cutis anal a cada passada. E não importava a marca, todos pareciam ser da Gilette.

Enfim. Foram 2 longos dias de Lacto-Purga. E, no dia do exame, que seria a tarde, eu tive que tomar um bagulho chamado Manitol. Explico: é uma droga comprada em farmácia de manipulação responsável por caganeiras sinistras! Também é encontrado em alguns chicletes de Nicotina, daqueles que usam pra parar de fumar.

Gente! Sério! Eu já bebia água sentado na privada pq saía direto. O trâmite do líquido dentro de mim não durava 3 segundos. Me sistema digestivo tinha virado um Toboágua! Não pude comer nada sólido antes do exame, então não sei o tempo que levaria pra descer um pão com ovo.

Fui para o hospital, com medo de me molhar todo pelo caminho, pq a essa altura só saía líquido do meu orifício anal. Aguardei ainda por mais ou menos 1 hora o atraso do exame e quando entrei, me deparei com uma equipe de mais ou menos 5 pessoas, onde 4 eram mulheres. Constrangimento. Porra, alguma coisa ia adentrar meu íntimo e quatro mulheres estariam presenciando aquilo! Enfim... Era preciso.

Entrei na sala e me apresentaram o famoso e ridículo avental que deixa a bunda de fora. Entrei no quartinho pra trocar de roupa, coloquei aquele avental, contei até 10 e saí do quartinho. A sala estava a meia luz, clima romântico, só faltou Marvin Gaye nos auto-falantes. Mas isso não me impediu de ver ela: A MÁQUINA! Aquela maldita que ia me deflorar. Medo. Medo não, pânico, pavor!


Tentei relaxar e conversar com o médico, o único homem lá dentro, mas foram as auxiliares que falaram primeiro. Uma das auxiliares me mandou deitar e a anestesista começou a me posicionar. Fiquei com a bunda a mostra. A anestesista falou algumas coisas sobre ficar tranquilo, mas a vergonha não deixava eu registrar coisa alguma. A última frase que lembro de ter falado antes de apagar foi "Doutor, por favor, carinho com o Tony Ramos".

Acordei já na salinha de espera me recuperando da anestesia. Um cheiro de merda predominava naquela salinha, onde eu e mais uns 3, separados por cortininhas, nos recuperávamos. Graças a Deus eu não havia vazado depois do exame, mas um colega de espera sim.

Bom, o cheiro não tinha remédio, mas enquanto estava lá eu sentia uma dor absurda! A auxiliar do procedimento veio ter comigo e me informou que foi necessário injetar muito ar em mim, pois meu intestino é muito grande, maior que o normal. Gazes. Eu estava com muita dor por causa dos gazes! Ela me deu Luftal. Esperei uns 5 minutos e a dor não melhorou. Ao contrário, piorou bastante! Eu não peidei. Estava com medo de cagar-me todo pois ainda sentia o efeito do Manitol que havia tomado de manhã. Segurei todo aquele ar dentro de mim, e parecia que eu ia explodia tal qual um balão de festa de aniversário.

Quando a enfermeira voltou, eu disse que ainda estava com muita dor. Então ela falou a frase mágica: "Vou chamar o doutor pra fazer um toque e te aliviar".

Foi a senha pra que eu pulasse da cadeira, informasse a ela que me sentia ótimo e saísse dali correndo. Já havia sido invadido demais pra um dia, mesmo inconsciente. Conscientemente eu não deixaria ninguém meter mais nada em mim, nem o mindinho! Vai meter o dedo no cu do teu pai, seu doutor!

Fui pra casa me contorcendo de dor. Cheguei grogue, corri pra latrina e me larguei! Muito peido! Muita água! Muito podre! Mas a dor foi melhorando a cada golfada de ar que meu forebis soprava. Aliviado, comi um cadinho de biscoito e dormi pq a anestesia ainda me rodeava a mente...

{ 8 pingada! }

  1. Cara... quando eu parar de rir... volto aqui!
    Levei quase duas horas pra ler até o final porque as lágrimas não deixavam eu ler direito, MOLEQUE!!!! Já volto!

    ResponderExcluir
  2. Pronto, voltei.
    Tive que fazer mil coisas ontem para ESQUECER tudo o que li. CLARO que eu NÃO li novamente... se não eu não conseguiria comentar outra vez.
    Irmão... o importante é saber se teve melhora no teu quadro de saúde.
    Torço também para que "a mão" do seu FURÍCO não tenha sido "invertida" e nem passado para "mão dupla". Embora o cu seja teu e tu faça com ele o que bem quiser...
    Se cuida, moleque!

    ResponderExcluir
  3. Lagrimas e mais lagrimas de tanto,tanto rir!!! Léo vc consegue superar Rodrigo...kkkkkkkkkkkkk
    Leidi

    ResponderExcluir
  4. Leidi, quase tudo que Leo Coutinho é hoje... ele deve a mim! uahauhauahauahauha

    ResponderExcluir
  5. iuahiuhaiuahuiiuahiahiuhaiuhaiuahuia
    rindo mt!
    Vc e suas histórias!

    ResponderExcluir
  6. Vim aqui porque li seu post no blog da Carol, interessante tudo por aqui...

    Grande abraço e sucesso com o blog!!

    ResponderExcluir

Mais Lidos

Facebook

O Mijão no Instagram

Pingos pelo Twitter

- Copyright © Pingo na Cueca -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -