Posted by : Leo Coutinho terça-feira, 31 de julho de 2012

Estava lendo uma matéria hoje que me fez perceber que o nossa tão querida e amada pátria está mais pro Brasil do Cazuza do que pra Aquarela Brasileira da Gal Costa... E Deus sabe o quanto eu queria dizer o contrário.


Lembram, no início do ano, em fevereiro, que um jovem foi brutalmente agredido por tentar ajudar um mendigo que estava sendo alvo da ira (ou rebeldia) de filhinhos de papai que não aguentavam vem a pobreza alheia? Pois bem... A justiça brasileira liberou os filhinhos de papai de cumprirem pena pelo "quase-homicídio" do rapaz que, ora vejam só, estava lá pra atrapalhar a brincadeira dos pobres playboys. Afinal, o que mais eles tinham pra fazer a não ser espancar um pobre mendigo?

Lendo a matéria (o link está no final do post) eu infelizmente senti uma coisa muito pior do que indignação pela nossa justiça falha e corrupta. Eu senti TRISTEZA. Me senti triste em perceber que esse absurdo está longe de acabar. O Brasil, de Cazuza, e não o da Gal, está longe de mudar... O Rio de Janeiro lindo e poético só existe pra Tom, Vinícius (pelos motivos certos, é claro!) e para os que têm dinheiro pra se safar de toda e qualquer merda que fazem. Adoro o Brasil Brasileiro da Gal... Mesmo! Mas não tenho o menor orgulho de ser brasileiro no Brasil do Cazuza...

Link: http://oglobo.globo.com/rio/jovem-espancado-na-ilha-pede-apoio-contra-decisao-que-livrou-agressores-5640941

E agora meu Brasil, Brasileiro? Quem é que paga?

{ 1 pingada! }

  1. Triste é saber que tudo isso aí é verdade e acontece TODOS OS DIAS.

    ResponderExcluir

Mais Lidos

Facebook

O Mijão no Instagram

Pingos pelo Twitter

- Copyright © Pingo na Cueca -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -