Posted by : Leo Coutinho quinta-feira, 12 de julho de 2012

99% dos profissionais de TI, quando chegam aos 30 anos, se perguntam "Pq diabos escolhi essa merda?". Isso é fato. Trabalhar com TI é estressante e faz com que os profissionais formados na área entrem em crise.

Quando entrei pra faculdade, me juraram que era a profissão do futuro e que ganharia muito dinheiro com isso. Iludido, eu fui! Fiz a prova numa faculdade cheia de gostosas e por lá rezei pra ficar... Não pelos estudos, mas pelas gostosas. Eu tinha 17 anos! Me julguem!

Entrei na faculdade achando que seria moleza e que eu trabalharia como usuário. Ficaria no mIRC e no Bate-Papo da UOL o tempo inteiro. A faculdade até que foi moleza, mas não tinha nada de usuário aí. Foi a primeira decepção. Eu tive que aprender a programar. Aprender como funcionavam redes, internet, bancos de dados... Matemática, matemática e matemática...


Tirei isso de letra. Não foi problema. Comecei a trabalhar querendo dar solução pro mundo! Pra tudo tinha que existir um jeito de criar um sistema e fazer o processo da empresa ficar mais ágil, menos moroso, simplificar o trabalho. Outra decepção. Esbarra-se em tantos problemas de burocracia, processos, necessidades obscuras... Mas eu tinha 20 anos! Estava motivado! Tinha que ter um jeito!

Outra coisa é que não paramos de estudar nunca. Não podemos ficar desatualizados senão ficamos pra trás e sem emprego. Eu achava que ia terminar a faculdade e pronto... Quem dera! Cursos, certificações, pós-graduações, MBA... Não para! O mundo de TI não para! Sempre evoluindo e fudendo com a gente, que quer descansar tb!

Ahhhhh descansar... Profissionais de TI geralmente não tem esse privilégio. Estudos, trabalho, férias cortadas pela metade... Os projetos pipocam e não podemos nos dar o luxo de ficar fora deles!

Mas como as coisas mudam em 10 anos. Aquela motivação de achar solução tecnológica pra tudo dá lugar à realidade do mundo da informática. Projetos de sucesso e lucrativos são raríssimos. Burocracia monstra. Clientes difíceis. Remuneração pífia... Desmotivação.


O fato é que seria mais fácil e menos estressante (e talvez mais vantajoso financeiramente, o que não é muito difícil no meu caso) vender pipoca com queijo provolone na praça ou em frente à colégios por aí...

{ 2 pingada! }

  1. Me descreveu? No meu caso só não tinham as gostosas hahahaha
    Entrei na faculdade pq já gostava do ramo e AMAVA programar... Hj, já tô de saco cheio de aturar manias e regras de clientes e o "T" de aprender coisas novas já está quase no fim. Pra quê aprender novidade se, no mercado, a maioria das empresas são conservadoras. Um saco!
    Hoje reavalio minhas prioridades e paixões e tendo a ir para a área de liderança/gestão... Se durar mais 10 anos nisso já está bom!

    ResponderExcluir
  2. Eu sou novato na àrea, me tornei profissional da Informática aos 22, mas na verdade eu comecei a me enganar aos 15 quando entrei no segundo Grau técnico onde eu aprendi a programar em Visual Basic 6, mal e porcamente em Pascal e aprendi a mexer e criar consultas no Microsoft Access, que até aí (16 anos de idade) eu achava que era gerenciador de banco de dados (Ignorance is a Bliss), as minhas escolhas eram Informatica e campos relacionados à ela (Engenharia da Informação, ciências da Informação, Tecnologia da Informação) ou Economia como última alternativa, diferente de você eu não fiz faculdade num lugar cheio de gostosas, meu campus só tinha Engenharia, Informatica e desenho industrial, ou seja, só tinha macho pra quase todo lado que eu olhasse.
    Levei um tempão pra escolher, ou ser ecolhido, por uma das muitas ramificações que TI tem, acabei caindo de paraquedas no mundo do banco de dados. Eu ainda tenho algum gás mas já tô apresentando sinais de cansaço, o baixo sálario dá um desanimo grande, a desorganização que alguns projetos apresentaram e quando eu olho a quantidade gigantes de certificações e pós-graduações que tenho que fazer dá um desanimo maior ainda, andei considerando trabalhar com alguma coisa mais simples, tipo marrequinho das Sendas.

    ResponderExcluir

Mais Lidos

Facebook

O Mijão no Instagram

Pingos pelo Twitter

- Copyright © Pingo na Cueca -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -