Archive for 2011

Que Venha O Melhor Ano de Nossas Vidas! (De novo!)

Todo final de ano a mesma lenga-lenga... Planos, promessas, objetivos, desejos de Feliz Ano Novo até pra quem a gente menos gosta e não quer que seja feliz... Mas é bonito desejar boas coisas, então, que assim seja.

O último dia do ano serve também pra gente fazer uma auto-crítica. Analisarmos o que aconteceu de certo e de errado no moribundo ano. 365 dias (ou 366) de um monte de merda que você fez, falou, pensou vêm na sua cabeça.

Claro que a memória não armazena tudo, mas alguns fatos importantes ela armazena.

Entre casamentos reais, ocupação de favelas e morte de terroristas e ditadores, sobrevivemos! Fodam-se os pormenores! Nós somos sobreviventes! Nós, ou a maioria de nós, passou com dignidade por esse ano maluco! Muitos de nós viveram uma vida de ilusão, muitos de nós choraram de alegria, de tristeza, muitos de nós tivemos filhos e aprendemos novos significados pra palavra "amor".

Muitos fizeram merda atrás de merda, muitos magoaram pessoas que gostam muito e, orgulhosas, não pediram desculpas. Muitos pediram desculpas, mas não adiantou nada por não ter sido de verdade. E muitos pediram desculpas sinceras e se sentem melhores pessoas por isso.

Enfim... Que o ano findo tenha sido um excelente aprendizado pra todo mundo! Pq é exatamente pra isso que a gente tá aqui!

Feliz Ano Novo galera! Que este seja o melhor ano de nossas vidas! De novo!


sábado, 31 de dezembro de 2011
Posted by Leo Coutinho
Tag :

Quilometragem...

Quilometragem...

Dizem os poetas da internet que cada centímetro de piroca que entra e sai de uma mulher é o que define a quilometragem de rodagem de uma mulher.

Por exemplo, falando em médias, peguem papel e caneta:
Uma transa dura 7 minutos. 60 penetrações por minuto. 420 penetrações pro transa.
Se a piroca média é de 15cm, a mulher recebe por transa 6300cm de piroca, ou seja, 63 metros.
Considerando 3 fodas por semana e 52 semanas no ano, são 156 fodas no ano.
Fazendo as contas, são 9828 METROS de pica por ano! Quase 1KM de piça!


Contando direitinho. Uma mulher de 25 anos que teve sua vida sexual iniciada aos 17 anos levou o equivalente a 80Km (OITENTA QUILÔMETROS) de rola só na perseguida, sem contar oral e anal!!!

Isso, claro, em média...

Vou contar uma historinha...

Tinha esse cara, digamos que o nome dele seja Ariosvaldo, que era louco por essa menina, hummmmmm, de nome Zeferina.

Ele, que carinhosamente chamarei de Ari, era tão louco por ela que a colocava acima de tudo e de todos. Era a mulher mais linda do mundo. Mais legal. Mais tudo! Mas, como toda história de amor que se preze, o amor de Ari não era correspondido por Zeferina, doravante chamada Zefa.

Zefa sabia do seu charme, e principalmente, sabia que exercia um grande poder sobre Ari. Zefa, apesar de ser uma garota legal, era uma garota disputada. Todos os rapazotes da cidade queriam a Zefa. E muitos a tiveram. Afinal, era uma bela garota que gostava de rapazotes.

Certo dia, Zefa decidiu que devia dar uma chance a Ari, que também era um bom rapazote, mesmo não sendo muito belo. Ari era engraçado, carinhoso, cativante. Zefa queria sentir um pouco disso, já que com os outros rapazotes Zefa só tinha experimentado o sexo, mas nenhum sentimento.

Ari, feliz com a chance, fez tudo como manda o figurino! Levou Zefa ao teatro, riram bastante, foram jantar por conta do Ari, sempre cavalheiro. Conversaram, mais risadas. Ari levou Zefa ao melhor motel da cidade! Tiveram uma noite de amor maravilhosa! Zefa nunca tinha experimentado essa sensação antes! Ela tinha encontrado seu homem!

Ari manteve aquele sonho pra ele, esperando que fosse real. E era. Zefa queria Ari e Ari queria Zefa. Depois de mais umas noites, Ari tomou coragem e pediu Zefa em namoro. Ela disse sim! Os dois ficaram tão felizes que Ari foi correndo contar pros seus amigos.

Ligou para seu melhor amigo, Washington, e desembestou a falar:

- Oi Tom! Ari! Beleza?! Sabe a Zefa... Então... Eu...

Antes de terminar de contar, porém, foi subitamente cortado por Tom.

- Sei sim. Da rua de cima?! Já comi muito! Que bundinha gostosa e apertada!

Ari, desconcertado, desconversou e não contou a novidade. Ligou então para Fulano de Tal, famoso na cidade, amigo de infância de Ari. Fulano morava fora do país, mas sempre vinha visitar a família e por acaso estava na cidade...

- Fala Tal! Ari! Tranquilo cara?! Como tá a família?!
- E aí Ari! Que surpresa boa você me ligar! A família vai bem! E você?! Novidades!?
- Tenho sim! Lembra da Zefa?!
- Lembro porra! Da rua de cima?! Lembro muito! Mês passado, quando vim visitar meus pais, levei ela prum motel... Sabe como é, estudando fora, bem sucedido, foi fácil. Boquete mais gostoso da cidade é o dela, sem dúvida! O que tem?!
- Errrr... Nada demais. Deixa pra lá...

Ari não sabia mais pra quem ligar. Estava com medo da conversa. Sua empolgação diminuía a cada segundo... Não que Ari quisesse uma mulher virgem. Ele não tinha essa ilusão. Mas já são 2 x 0. O encanto começa a ser quebrado...

Decide então ligar pra Tilambúrcia, amigona de sempre! Não era possível que Tila já tivesse tido um caso amoroso com Zefa...

- Tila! Ari! Tudo bom!
- Oi Ari! Tudo ótimo! E você?!
- Vou bem... Você por acaso lembra da Zefa?!
- Dá rua de baixo!?

Tila não morava na mesma rua de Ari. Se conheceram na escola e não eram vizinhos, mas moravam perto.

- Sim! Ela mesma!
- Lembro sim. Vagabunda total. Estudou com meu irmão no segundo grau. Meu irmão já me falou um monte dela. Certa vez ela deu pra ele e mais dois em uma festa. Ele disse que ia um em cada buraco e eles iam revesando. Os três gozaram na boca dela e ela engoliu tudinho! Meu irmão disse que a safada ainda queria mais e saiu da festa com outro carinha. Gulosa demais!

TU-TU-TU...

Ari desligou e mais tarde falou que caiu a ligação...

Ari não aguentou. Que vantagem tinha namorar a mulher mais linda da cidade se todos já a tinham provado. Que novidade contar pros amigos se todos saberiam que Ari estava dando bitocas na cabeça da piroca de cada um deles por tabela!?

O encanto de Ari acabou. Ari desistiu do namoro. Ari começou a perceber que não são os homens que não valorizam as mulheres, mas elas mesmo que não se dão valor. Ari começou a tratar Zefa como pedaço de carne e a comeu mais um pouquinho porque a vagabunda só merecia isso. Zefa sofreu. Ari se conformou. Fim.
terça-feira, 27 de dezembro de 2011
Posted by Leo Coutinho

Será?

Rio de Janeiro - 768º - Início de verão.

Nesse calor onde até cachorro na bunda sua (solta a vinheta da Praça É Nossa!), nada pior que pegar um fukcin' busão cheio e sem ar-condicionado. É um belíssimo estímulo ao mau humor.


Puxo a cordinha indicando ao muito bem educado piloto do coletivo-microondas que quero descer daquela merda. Outra moça, também mal-humorada pelo calor infernal, levanta-se de sua cadeirinha (reclamando de quê?! Tava sentada porra!) e desce junto comigo.

Ao descer do ônibus, ela, que numa manobra de dar inveja ao ninja Jiraya, desce na minha frente e protagoniza a cena mais bonita que já vi na minha vida: ela, provavelmente emocionada pela surpresa, encontra o seu amado esperando por ela no ponto de ônibus e dá um belíssimo sorriso!

Ok. Tirando a pobreza da cena, vim pra casa pensando sobre isso e cheguei a seguinte conclusão:

Talvez seja possível fazer uma mulher feliz sem ter um carro!

A pergunta é:

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011
Posted by Leo Coutinho
Tag :

O Amor e Coisas desse Tipo...

Passei o domingo todo pensando em coisas aleatórias. Acordei com futebol na TV onde um espartano Barcelona de Messi arruinava a vida de um passivo Santos de Neymar... Domingo é assim mesmo, um dia estranho...

De qualquer modo, o dia ia passando e minha cabeça pensava em coisas aleatórias como a utilidade prática dos pombos na natureza, ou o porquê da televisão brasileira ser tão merda no domingo...


Não sei dizer ao certo quando o meu pensamento chegou em você. Mas sei que, quando chegou, não quis mais sair. Toda e qualquer coisa ou situação que eu pensava, você tinha que estar lá. Era obrigatório vestir o seu traje. Ter a sensação de sentir o seu perfume em todo lugar que eu passava e o seu toque em tudo que eu esbarrava pelos labirintos dos meus devaneios.

Relembrar as mensagens trocadas, as palavras sempre doces... Os conselhos, os cuidados... Imaginar como alguém pode se dedicar tanto assim, de tão longe... Centímetros viram quilômetros... Horas, semanas... E a relatividade espaço-temporal tem relação direta com você.

Preciso sair de casa. Preciso mudar o foco. Pensar em você, por mais gostoso que seja, não pode consumir todo meu tempo. Não pode. Eu não posso deixar. Não quero deixar. Gostaria de ter forças para lutar contra, mas é forte demais. E eu não sou tão forte assim.


Saio de casa e não consigo fechar a porta do elevador sem segurar por um segundo a mais e deixar você entrar. Olho pro lado e não vejo ninguém. Mas quando olho no espelho vejo seus olhos fixos em mim, com aquele sorriso lindo, iluminado, com tanta ternura quanto dentes. Aqueles olhos dizendo, sem deixar margem pra dúvidas, que você é minha! E sim... Me chamando pra ser seu.

E mais uma vez eu me pego pensando nas coisas que você me diz. Cartas, e-mails, mensagens, bilhetes...

Mas percebi, nessa fração de segundos dentro daquele elevador, que ler as mensagens não era mais suficiente. Eu tinha que ouvir sua voz. Precisava escutar aquelas palavras saindo de sua boca e não sendo escritas por seus dedos.

Pego o telefone, procuro seu nome, vejo sua foto de contato. Descontraída. Linda. Mais sorrisos. Sempre o sorriso. Aquele sorriso que me ganhou na primeira foto.


Ligo... O telefone toca... Um, dois, três, quatro toques... Eu penso em desligar. "O que eu tô fazendo!?", penso. No quinto toque você atende... Não sei o que dizer. Emudeço. E novamente os segundos parecem horas. Até que você diz "Alô?!" e me desmonta como uma criança brincando com Lego. Tão comum e ao mesmo tempo tão diferente de todas. Tão simplesmente você. Só quero fechar os olhos e ouvir...

Eu disfarço, digo qualquer coisa só pra saber como você está, o que está fazendo, se sente minha falta. Preciso que sinta minha falta. Preciso que você me queira. Mais do que isso, preciso sentir e saber que você me quer tanto quanto eu te quero.

Antes de desligar, "beijinhos"... E lá está você de novo... Longe. Parecia tão perto ouvir você falando no meu ouvido. Tão bom. Tão verdade. Tão minha por aquele breve momento. Minutos que pareceram segundos. Vontade de ouvir sua voz, mesmo que não tenhamos nada a dizer. Vontade de sentir seu toque, seu abraço, seu beijo, seu gosto...


Sair de casa não adiantou. Não tirou você do meu pensamento.

Muito menos te ligar me fez tão bem assim.

Porque no final estamos longe.

Muito longe.

Demais...
segunda-feira, 19 de dezembro de 2011
Posted by Leo Coutinho

Noite Santa, Silenciosa - Marli

Sério... Eu não sei nem o que comentar...
Hit Natalino pra substituir Então É Natal, da Simone, que ninguém aguenta mais.

Poesia, métrica, ritmo, afinação, emoção...
Tudo em uma só canção. Quero todo mundo sintonizando nessa música que já nasceu sendo um clássico!

Desafio vocês a ouvir 5 vezes seguidas essa maravilha!
Quem conseguir ganha uma bala Juquinha!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011
Posted by Leo Coutinho

O que vc prefere: Ser ou Estar?!

Começarei o post com uma coisa incomum: um palavrão!

RESPECTIVAS PUTAS QUE OS PARIU!

Pronto. Agora estou mais calmo...
Tenho visto campanhas absurdas no Facebook... Animais mortos, bebês mortos, câncer de mama... Uma mais pior de ruim que outra. Mas uma me chamou bastante a atenção. Ou melhor, duas, mas sobre o mesmo assunto.

"Ame suas celulites" e "Odeie suas celulites" têm um quê de futilidade que me comove até... Façam academia, não façam academia e se aceitem. Mimimi fútil!


Impressionante como as pessoas valorizam a aparência sobre qualquer outra coisa! Não é que não devam valorizar. Devem sim. Mas é que dão importância absurda pra isso! Isso faz com que feios, como eu, queiram se matar! Não é legal esse tipo de bullying pra quem não tem a beleza vendida pela mídia.

Por outro lado, também não é legal desmerecer quem quer ter um corpo bonito e esbelto. Salvo quem tem uma excelente genética, minoria, as pessoas batalharam pra ter o corpo que gostam.

Mas uma coisa ninguém pensa. Cuidar da beleza deveria ser consequência! Ninguém cuida da porra da saúde! Vejo idiotas saindo de academias, todos(as) muito fortes e belos(as), e acendendo a porra de um cigarro nojento! Aí vai pra um bar e enche a cara de cerveja, vodka, tequila e afins! Porra! Que prioridade estúpida é essa?!

Não é que não devam se divertir... Sair e beber socialmente... Mas ninguém faz isso! O prazer de achar que se mostra mais macho ou mais adulta faz a pessoa ficar com a mesma pose: cigarrinho numa mão e copo de álcool na outra.

Então. Amem suas celulites, não amem suas celulites. Escolham. Tanto faz.
Mas seja qual for a escolha, primeiramente, cuidem da sua saúde! E façam com que a beleza do seu corpo seja consequência e não meta.
Cuidem do caráter! Primeiro de tudo! Caráter! Isso é o que de mais valioso você pode ter ou "presentear" alguém.

Sejam bons. Reavaliem suas prioridades, barreiras impostas por vocês mesmos, suas metas, seus meios.
Reavaliem o que vocês preferem: SER ou ESTAR. Não cabe os dois. Escolham um e sejam felizes! =)
segunda-feira, 5 de dezembro de 2011
Posted by Leo Coutinho
Tag :

Músicas para tirar a roupa...

A revista VIP (@RevistaVIP) publicou esse mês uma listinha com músicas legais pra fazer um striptease caprichado!

Eu senti falta da Sade com No Ordinary Love (eu tenho um tesão fudido nessa música!), mas a lista é bem boa e é encabeçada pela ótima AC/DC - Ride On!

Enfim... Segue a lista! Sugiro que experimentem com as respectivas patroas!!! =)

AC/DC - Ride On

Jane Birkin et Serge Gainsbourg - Je T'aime... Moi Non Plus

Portishead - Glory Box

The White Stripes - Just Don't Know What To Do With Myself

Nina Simone - I Put A Spell On You

Marvin Gaye - Let's Get It On

Marvin Gaye - Sexual Healing

(Fonte: Revista VIP - Novembro 2011)

Eu, como sempre gosto de dar meus pitacos, vou deixar essas duas escolhidas por mim como bônus... ;)

Essa é do filme Prova de Morte... Uma cena maravilhosa de uma Lap Dance feita pela igualmente maravilhosa Vanessa Ferlito!

The Coasters - Down In Mexico

E essa é a que eu citei lá em cima... Tesão total!

Sade - No Ordinary Love


Enjoy!!!!
domingo, 13 de novembro de 2011
Posted by Leo Coutinho
Tag :

Minha Nada Mole Vida...

Reza a lenda que eu nasci bonito. Mas aí mamãe vem e diz que, ainda bebê, eu perdi a metade da frente do cabelo e fiquei uma criança horrenda. Somado a isso, ela diz que eu ainda era antipático... Assim começou a minha bela história de vida...

Bom... Meu cabelo cresceu e hoje eu tenho mais do que gostaria... Mesmo.


Voltando... Quando eu cresci um pouquinho, eu voltei a ficar bonitinho... Com um cabelo bonito, levemente cacheado e loirinho (ou castanho beeem claro)... Naquele momento aparecia uma criança linda no mundo. Mas isso só durou até os 10 ou 11 anos.

Foi quando eu ganhei status e criança mais feia do prédio, quiçá do bairro! Eu era feio demais! Magrelo, cabeludo, torto... Cruzes. Eu parecia o anticristo encarnado! Feio que doía a vista do Papa, e ele nem estava no Brasil!

Ganhei o título, ano após ano, de Garoto Mais Feio do Colégio, título esse que sustentei até o final do segundo grau, quando fui disputar e conquistar o título de Sujeito Mais Feio da Faculdade.

Hoje eu continuo feio, mas tenho u... Mas posso faz... Mas consi... Ahhh... Só sou feio mesmo...

Lendo essa resumida história da minha vida (ou não tão resumida assim), chego a uma conclusão: Acho que ainda não vivi... =P
segunda-feira, 31 de outubro de 2011
Posted by Leo Coutinho

Esse meu amigo...

Cena: Corredor

O mocinha vem andando, linda, distraída, pelo corredor na direção contrária a do mocinho. Ele, encantado com a beleza da mocinha, olha pra ela no exato momento que ela olha pra ele. Ela percebe, sorri delicadamente.

Mocinha - Oi...
Mocinho - ...

Fim da cena

Essa cena, que você vê em 95% dos filmes de comédia romântica colegial, seria linda se o mocinho em questão não fosse... Eu Um amigo meu!

A sua habilidade ímpar na comunicação com mulheres bonitas sempre foi pífia! Com mulheres bonitas E que ele esteja interessado então, é nula! Essa cena bonitinha descrita acima aconteceu a algum tempo atrás e o que esse amigo meu tentou fazer foi o seguinte sorriso:

EXPECTATIVA
REALIDADE

Ele trava. O idiota. Ele tenta falar e a voz não sai. Ele tenta fazer alguma coisa que ela possa julgar interessante e perceber que ele tenha interesse em conhecê-la melhor (visto que ele já a conhece) e ele fica parecendo o maior idiota do mundo ao bater de ombro num armário que sempre esteve ali e que, por causa dela, ele esqueceu! Ele até tentou justificar que o armário tava correndo pro banheiro pra se aliviar, mas não colou...

E ainda tem o fato de que a pessoa simplesmente foi educada. Falou "Oi" só pq esbarrou com ele no corredor e o conhece. Foi educada. Simples assim. Só que bastou essa palavrinha pra ele se derreter todo.

O máximo que precisava ser feito era ele falar "Oi... Tudo bem?"... Dependendo do contexto essas palavras são simples... Mas, no dele, elas foram impossíveis de serem pronunciadas... O que saiu junto com o sorriso ali de cima foi "Humffslgtwlesenor"... A tradução disso é algo do tipo "Oi! Tudo bem! Vamos beber alguma coisa qualquer dia depois do trabalho!? Queria te conhecer melhor...". Será que ele se saiu bem?! ¬¬

Sabe o que me impressiona?! Ele é um cara esperto, inteligente, sabe manter uma conversa agradável, é educado... Não é o mais belo dos seres humanos, mas acho que está longe de ser o mais feio... Pq diabos ele tem tanto problema em falar com mulheres que o interessam?!

Enfim. Sei que esse meu amigo, até hoje, não conseguiu falar com a menina pessoalmente. Um vive curtindo o que o outro fala no Facebook... Mas até hoje não se falaram pessoalmente... Nada além desse "Oi"...

Não sei pq ele ainda me conta essas coisas... =P
segunda-feira, 10 de outubro de 2011
Posted by Leo Coutinho

Academia?! Ah vá...‏


Se não cuidar do próprio corpo fosse crime legal, certamente eu pegaria prisão perpétua... Isso pq no Brasil não tem pena de morte! Se eu morasse em outros cantos desse mundo eu estaria completamente fudido!


Além de uma alimentação irregular, confesso aqui ter uma grande preguiça em puxar ferro. Bla bla bla whiskas saché! Sei que é preciso e tudo o mais. Mas não consigo gostar dessa merda. Me julguem!


Dizem que vicia e tudo o mais. Não me viciei em cigarro, bebida, jogo... Pq diabos eu me viciaria em academia!? Todas as minhas três (oh!) tentativas de me viciar em academia fracassaram 100%.

A primeira coisa que nunca consegui entender são as músicas que tocam na academia... Geralmente elas não inspiram a malhar... Dançar, talvez. Malhar, não. Não to ali fazendo aula de lambaeróbica! Pq não tocam uma Eye Of The Tiger ou uma Gonna Fly Now?! Tipo, as músicas que tocam em filmes como Rocky Balboa elevam a adrenalina! É fato malhar com vontade com essas músicas!


Anyway... Nunca consegui fazer diferente. Todas as vezes que entrei na academia, levava pelo menos 5 minutos entre as séries de cada exercício! Descansava, bebia água, conversava, olhava a mulherada (único ponto positivo de frequentar uma academia, by the way)... Levando em consideração 8 exercício com 3 séries cada, eu ficava na academia pelo menos 120 minutos! 2 horinhas! Como eu poderia gostar disso!?

Sem contar que olhar a mulherada implicava em somente OLHAR mesmo! Mulheres lindas, saradas, bundão, pernão, peitão! Mulheres desse naipe me ignoram solenemente! Nunca falam nem "oi" pra mim. Salvo as desprovidas de sanidade mentam que já se arriscaram a me namorar, mas isso é outra história...


Quando uma falou comigo, passei mal. Já estava com o coração acelerado pelos exercícios puxadíssimos (pegar 2kgs na rosca concentrada não é pra qualquer um!) e uma linda dessas pede pra "revesar um aparelho" comigo... Enquanto ela falava "Posso revesar com vc?" meu cérebro registrava "Vc é lindo magrelo! Quero trepar com vc a noite toda até perder as 5mil calorias da azeitona que eu comi com cerveja!"... É, eu sou desses... 

Enfim... Quando acordei na maca da salinha de avaliação física, o profissional da academia falou que houve uma rápida migração do sangue da minha cabeça para os meu super pênis com 3cm de puro prazer (inveje-me Kid Bengala!), provocando uma falta de oxigenação cerebral e me levando ao desmaio.

Depois desse King Long, nunca mais nenhuma linda falou comigo na academia. Quando olhavam pra mim, riam. Mas era visível a risada de deboche. Acho que tem a ver com a calça melada que eu estava quando acordei, mas nunca confirmei essa minha intuição...

Resolvi que as lindas das academias seriam como carrões de luxo. Eu só conseguiria ter uma se ganhasse na Mega-Sena e mudasse de academia.

De qualquer maneira, vou tentar de novo. Dessa vez com outro objetivo! Ficar forte eu sei que não vou... Mas preciso combater o sedentarismo e melhorar um pouquinho minha qualidade de vida. Se ter dinheiro tá difícil, pelo menos dá pra correr atrás de saúde né...


sábado, 1 de outubro de 2011
Posted by Leo Coutinho

Atchim!

Das doenças "leves", a gripe é a pior que tem. A gripe não tem cura.Toma-se uma porrada de remédios pra tratar os sintomas enquanto esperamos nossos ferozes anticorpos, numa batalha digna de filmes como Coração Valente, acabem com esse maldito vírus.


Ontem a noite começaram os sintomas dessa desgraça em mim. Coriza, dor no corpo, cansaço, nariz entupido. Não sei pq a recomendação de "cama e repouso" se essa joça incomoda tanto pra dormir. É impossível dormir bem!

Sem contar que rola uma sensação de afastamento social. Fala pro seu coleguinha da frente que você tá gripado que você vai reparar na reação miojo (instantânea! Hein!? Hein!?) de afastamento da pessoa. Coloca logo a mão no nariz, boca, toma banho de álcool e ainda coloca seu nome na macumba, não necessariamente nessa mesma ordem...

Enfim... Queria mesmo contar que, na hora de dormir, fiquei com os narizes entupido (Rá!)! Olhei para o lado e vi um vidrinho de Privina que provavelmente foi largado ali há alguns anos pela antiga inquilina. Não pensei duas vezes e muito menos olhei a validade. Lasquei na nareba!


Mermão!!!! Não tinha idéia de que já haviam colocado soda cáustica em vidrinhos de Privina! Senti aquele bagulho queimando todo meu aparelho respiratório! Os pelos do meu nariz entraram em combustão na hora! Senti corroer minha traquéia, mesmo sem saber onde fica e pra que serve essa bosta!

Correndo o risco de parecer garoto-propaganda mas foda-se... Tenho a impressão de que o fabricante de Privina é o mesmo que fabrica o Diabo Verde! "Privina - O Diabo Verde Líquido Para Sua Nareba"!


A pergunta que não sai da minha cabeça é: pq diabos não tem a foto do Seu Madruga (essa é para os fortes nível 267 really strong!!!) nos vidros de Privina!? Vou pingar esse treco numa formiga pra ser se a desgraçada derrete!


Se derreter eu vou precisar de um transplante ASAP (cata no #Google!)...
terça-feira, 27 de setembro de 2011
Posted by Leo Coutinho

Dança do Mortal Kombat - Mantena e JP

Hoje é noite de estreia aqui no Pingo Na Cueca! *Aplausos*

Achei que seria legal criar uma espécie de "Sessão Vergonha Alheia"...
Na verdade, tenho visto uns vídeos aí que me inspiram muito a fazer uns posts tipo divulgando e as vezes comentando esses fenômenos maravilhosos!

Acabei de conhecer essa nova dança viciante e que prontamente levantei da cadeira pra aprender a coreografia [NOT!] e, por mais que eu tenha pensado em chacotar esse vídeo, ele mesmo se auto-chacoteia ele mesmo a própria pessoa dele!

Enjoy!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011
Posted by Leo Coutinho

Essa vida doméstica...

Tenho certeza que muitos de vocês 3 leitores deste blog se lembram da saga que vivi com o meu banheiro e o alagamento maldito. Pois é... Não aconteceu de novo. =P

Na verdade, depois desse episódio, eu comecei a prestar mais atenção aos afazeres domésticos, mas nunca com tanto afinco.

Recentemente arrumei uma moçoila que, no alto da sua insanidade, topou conhecer meu humilde muquifo. As aventuras dela por aqui eu conto em outro post... Nesse eu vou contar um pouco da pré-visita.

Bom. Pra começo de conversa, eu sou desorganizado e bagunceiro. Tendo isso em vista, imaginem que eu não tenho ninguém pra arrumar a bagunça diária que eu protagonizo nessa joça. Eu sou do tipo de pessoa que chega em casa depois do trabalho e fica só de cueca, enquanto o chão da minha casa veste a roupa que eu estava usando ao chegar.

Não só o chão. Chão, sofá, maçaneta... Adoram pegar minhas roupas emprestadas...


Outra coisa é que eu não sou o ás da limpeza. Saio de manhã, volto a noite. Vassoura é pros fracos. Aqui é casa de macho porra! Quando eu piso no chão meus pés ficam marcados na poeira acumulada no chão! Não gostou, vem limpar pra mim! =D

Tendo isso em mente, imaginem que eu queria causar um mínimo de boa impressão na minha presa (pq eu, definitivamente, sou um caçador [NOT! Talendo que Deus não me deu! FDP...]) para poder, quem sabe, finalmente ter chance de comer alguém.

Comecei então a desgraçada da faxina.

Nunca pensei como era difícil arrumar uma casa...
Primeiro... As coisas que estão fora do lugar deveriam, por definição, ter um lugar certo! A pergunta é: onde é o lugar certo!? Como diabos as mães, avós e domésticas sabem onde é esse maldito lugar certo?! Bom, taquei tudo visivelmente descombinante em algum lugar que fosse invisível aos olhos humanos, mas que com certeza aguns ácaros ficariam extasiados.

Enchi duas bolsas de roupas sujas. Sério. Eu não sabia que as roupas que eu tinha enchiam duas bolsas. Muito menos que seria só de roupa suja e ainda sobraria roupa limpa (ou quase isso) pra eu usar! Mas, de qualquer maneira, essa foi a parte mais fácil. Separei as bolsas num cantinho pra levar pra lavanderia num momento mais apropriado.

E então, veio o pesadelo: Limpar a fuckin casa! Meu quarto e sala nunca foi tão imenso! Varrer o chão até que nem foi tão difícil, mas passar pano no chão não é coisa de Deus! Não consigo esticar minha coluna até hoje! Meu braço tremia horrendamente com tal esforço absurdo! Sem contar que só Deus sabe se o que eu joguei no chão pra limpar era realmente o produto certo pra isso.


E a cozinha então!? Pq aquilo fica tão engordurado se eu nem cozinho?! Miojo é tão engordurante assim!? Não és possible! Tb usei o que eu podia. Se o Veja tira gordura de fogão, deve tirar do chão tb. Tá! A cozinha não ficou boa, mas quebrou um galho! rsrs


Ainda bem que eu já tinha experiência com banheiro... Esse foi moleza.

E tudo isso praquela desgraçada não aparecer!

 *Le Forever Alone*

Posted by Leo Coutinho

Ai minha caralha!!! Esqueci!!

Tem uma coisa que, ultimamente, me revolta: minha memória!

Chegou ao ponto de pedir aos amigos do Facebook, que em geral estão cagando pra minha pessoa, que me lembrem de que tenho que comprar sabonete e pasta de dente!

Hoje uma boa alma me lembrou quando saí do trabalho! Não vou ficar "fidido"! Obrigado Raquel!

Mas enfim...
Why the fuck estou fazendo este post?! Eu conto! Até pq esse é o propósito do post! =P

Parei na farmácia e comprei sabonete, pasta de dente (coisas que eu precisava) e ainda comprei um sabonete malandro pra acne (meu pesadelo de sempre) que promete me deixar com a cara do Luan Santana (NOT!), um sabonete líquido pra minha caceta (pq eu não como ninguém mas faço questão de ser limpinho... ME JULGUEM!), chiclete (pq na farmácia só falta venderem alcatra!), desodorante e, acreditem, camisinha! Esse último sendo o item mais precioso e inútil das minhas compras por motivos óbvios!

Comprei um monte de coisinhas e esqueci do que eu tinha reclamado minutos atrás: lâmina de barbear! A minha lâmina está tão cega que não corta os pêlos, puxa! Minha fuça fica dolorida e mal barbeada.

Sobre o que mesmo eu estava falando?!

...
Ah tá!

Comprei tb, não na farmácia (talvez até tivesse, mas não perguntei), um fone de ouvido vagabundo de 10 real.

Enfim... Comprei, além de material de higiene básica, algumas bobeiras que não tinham necessidade nenhuma.

E do que eu esqueci?!

Que eu preciso me alimentar de alguma maneira! Não tem comida em casa e eu não lembrei de comprar o principal! Comida!

Agora eu to com fome e vou ter que morder a língua e beber água, pq além de ser uma besta desmemoriada eu sou preguiçoso pra meu ovo!
terça-feira, 20 de setembro de 2011
Posted by Leo Coutinho

Tudo passa, tudo passar... inho!

Não é que eu esteja dando razão ao Nelson Ned nem nada, mas isso é um fato: tudo nessa vida passa.
A pergunta é: hein?! Oõ
Claro que passa! Ta ficando maluco ou sem imaginação?! Tem que ver isso ae! =P
Não gente. Não estou maluco. Sem imaginação talvez, mas não é o caso. É que me peguei pensando nas coisas que passaram na minha vida e me liguei no seguinte: nunca parei pra pensar em como EU passei por elas...
Sei que é muito esquisito o que vou dizer, mas é necessário... Eu não lembro como cheguei aqui! Ihhhhh... Enlouqueceu de vez! Isso é outra história... Mas o fato é que durante a minha vida eu faltei comigo mesmo! Faltei em atenção nos meus rumos. Fui traçando meu caminho sem me dar conta da grandeza das escolhas que tive que fazer. Inconsequente.
Talvez, com alguma sorte (pra quem acredita), eu tenha conseguido traçar um caminho correto até aqui, mas, de uma maneira esquisita, não é o suficiente. Correto é pouco. Falta o extraordinário! Falta o grande feito da minha vida. Falta aquela coisa que vai fazer as pessoas lembrarem do meu nome quando eu não mais estiver aqui.
Você já fez sua auto-crítica? Pois deveria, pq com certeza criticar os outros tem sido programa diário pra você né?! Tem que ver isso ae!
Enquanto isso eu vejo a vida passar e eu parado aqui...
PS - desculpem-me se o texto ficar com erros de digitação ou mal formatado. Estou testando essa pastagem pelo celular.
segunda-feira, 5 de setembro de 2011
Posted by Leo Coutinho

Uma rápida oração


Bom dia Deus. Tudo bom aí em cima?! Como vai a família?! E o filhão!? Espero que esteja tudo na paz do Senhor mesmo...

Então... Queria Te pedir uma mega-sena acumulada.
Não precisa deixar acumular muito não...

Só o suficiente para que a renda mensal desse dinheiro, aplicado na poupança, seja suficiente para cobrir meus gastos mensais básicos como aluguel, comida, luz, telefone, escola da minha filha, planos de saúde, carro de luxo, viagens ao exterior, sexo, drogas e rock and roll...


Tá! Pro Senhor ver como eu to bonzinho e legal, eu abro mão das drogas, já que eu não uso mesmo.

Se o Senhor faz isso até pras classes desfavorecidas que preenchem as novelas da globo, que viajam pra tudo quanto é lugar independente de empregos, horários, filhos, qualquer coisa que seja, pq cargas d'água não faria por mim, que me comporto tão bem o ano inteiro?

E eu não quero ficar esbanjando por aí não... Não mesmo! Nada disso! Eu sou bastante solidário aos menos favorecidos de Vossa graça financeira. Bom, no momento, Queridão, eu sou um dos menos favorecidos... Mas quero que isso mude na minha vida e pra isso eu conto com o Senhor. O que eu quero mesmo é não ter que acordar cedo (pois já vi que aquele ditado que diz que o Senhor ajuda quem acorda cedo não vale pra mim), poder ficar em casa jogando videogame, nu, com uma bela mulher fazendo sexo oral em mim enquanto eu distribuo tiros em zumbis! Ou seja, o mínimo de conforto.


Deixando então esclarecidos meus motivos nobres e singelos, gostaria que Vossa Excelência dos Reinos dos Céus concedesse esse meu pedido, até pq, cá entre nós, eu nunca vim falar com Você pra pedir porra nenhuma né...

Embora eu acredite que o Senhor seja brasileiro, vou deixar também essa oração em inglês, para o caso de eu estar errado.

SAP:
God! I need the fuckin' money! Thank you and have a nice day!

PS - Vou colocar uma imagem-fofinha-de-um-bebê-rezando pra ver se mexe com Seu coração, Seu Lindo!
quarta-feira, 24 de agosto de 2011
Posted by Leo Coutinho

Sobre ex...

Gente, primeiramente gostaria de me desculpar pela recente ausência de posts.
Passei por alguns problemas de saúde e não tive muita cabeça pra atualizar esse blog com as costumeiras bobagens que se passam na minha cabeça.


Também estou passando aqui pra informar que a partir de hoje e por tempo indeterminado, estou seguindo com o blog em carreira solo. Agradeço aqui a ótima colaboração da Sabrina! Apesar de todos os desentendimentos que eu já tive na vida com ela (o que é mais do que normal na vida de todo mundo!) eu tenho um carinho por esse anjo que salvou minha vida algumas vezes e sempre esteve do meu lado em momentos difíceis. Obrigado por tudo.


Falando sobre o post... É sempre muito complicado manter uma amizade com ex. Vou colocar aqui duas vantagens de se manter uma amizade com uma ex-namorada:

1 - 90% de chance de fazer sexo enquanto ela estiver solteira.
2 - 70% de chance de fazer sexo quando ela não estiver mais solteira.

Nhaaaa... E não venham me falar que revivals não acontecem que eu mando vocês à merda sem dó nem piedade! Infelizmente acontecem sim. E a chance de isso acontecer quando se mantém uma amizade é elevadíssima! Tem gente que nem considera isso traição, uma vez que não há novidade naquilo. Vai entender a cabeça desse povo.

Mas também tem o contra, e eu vou citar 2 pra manter a balança equilibrada.

1 - Segundo o corretíssimo dito popular: Se ex fosse bom não era ex.
2 - Futuros relacionamentos de ambas as partes serão sempre mais complexos, CASO EXISTAM!

Claro que nenhum homem vai se sentir 100% seguro com a namorada sendo a BFF (para os pobres mortais que não sabem ingrês: Best Friend Forever. Traduz no google. =P) do ex. E nenhuma mulher também. Não há como! Os riscos são mais altos do que apostar no Corinthians campeão da Libertadores!

De qualquer maneira. Reza o manual da boa educação que pelo menos o respeito deve ser mantido. Logo, falar mal dos ex por trás é uma coisa muito muito feia. Colocar amigos em comum contra os ex também é de muita deselegância.

Sem contar que você não deve guardar raiva eterna de ex. Não faz bem. Como dizia Seu Madruga: A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena! É um sábio...

Enfim... Tenho que trabalhar.
O tempo tá tão curto quanto a grana!

terça-feira, 12 de julho de 2011
Posted by Leo Coutinho
Tag :

Gordinha, sim!

Entrando no clima da @anadecesaro resolvi desabafar um pouco... 


Esta semana eu escutei a coisa mais dolorosa de todas: Nossa, que coisa estranha aquele casal de gordinhos se agarrando. E com meus quilinhos a mais, pensei...

Será que só posso ser feliz (L) se eu for magra e gostosa?!


Preciso ser dona de casa, ter um bom trabalho, ter tempo de malhar, viver de dieta ou ter um puta biotipo e ser filha de papai rico... to na merda, não sou nenhuma destas situações..
Isso tudo só para ter alguém que esquente meu pé nas noites de frio...

Até onde a sociedade (homem) vai exigir que as mulheres tenham corpo escultural? É, acho que a moda agora é ser a famosa loira burra!

Ah, e quero parabenizar o @thiagomarzano e a @anadecesaro pelo ensaio... FIcou perfeito, e sim, uma gordinha consegue ser sexy... E ser feliz é fácil, é só mandar pra PUTA QUE PARIU todos aqueles preconceituosos!


Reblogando: http://taedai.com.br/?p=446


Sou gorda, e agora? 2 – O Retorno


Eu tenho uma notícia pra dar pra vocês, eu sou gorda. Não sei se vocês lembram, ou se não sabem, mas essa é a verdade. Eu sou. E agora venho aqui, com imensa alegria escrever a segunda parte de um post que bombou muito aqui no Tá e Daí?!
Se você não leu o post é só clicar na foto dessa gor….gostosa aí embaixo e ficar por dentro do assunto.
Sempre fui viciada em esportes e atividades físicas, porém ao mesmo tempo sempre fui gordinha. A época da adolescência foi muito difícil, eu era sempre comparada às meninas magrelas, que literalmente vomitavam pra se manter daquela forma. E eu me perguntava qual a moral daquilo? Sofrer daquela forma pra ser magra? Não via vantagem e continuei a viver a minha vida. O tempo passou, a época do colégio passou e agora já não sofro tanto com isso, aprendi a passar por cima dos comentários negativos e encará-los com bom humor.
Depois de começar a fazer vídeos comecei a receber inúmeras mensagens como esta da Laura:
“Faz MUITO tempo q eu fico pensando como falar o quanto vc é foda pra mim! eu sei q c nem pergunto e nem tem nada com isso maas…tipo..eu sempre fui a gorda da familia…e pra completar aos 9 anos eu sofri um acidente ganhei uma cicatriz ! ai virei a gorda e ‘marcada’ da familia…hj tenho 19 anos passei por MUUUITA coisa..enfrentei mt preconceito,mas nunca realmente acreditei q daria pra ser feliz sendo gorda e ‘marcada’….tentei de tudo q vc pode imaginar pra me sentir melhor e nunca nada adiantou…ate o dia q eu passei a ver teus videos…e fui aprendendo com vc,…melhor q qualquer terapeuta HAHAHAHA’ vcê não tem ideia o quanto me ajudou..e certeza q MUITAS outra pessoas poe ae! parabens pelo melhor vlog q eu ja vi.SERIO! vcê é muito FODA! parabens..e obrigada”
Sem perceber muito o que estava acontecendo, me vi levantando a causa Chubby Power! Ou seja, fazer com que gordinhas se sentissem bem em relação a elas mesmas, tivessem mais auto estima e através disso terem mais confiança e serem mais felizes em relação ao seu corpo.
É importante lembrar que NUNCA, NUNCA, NUNCA defendi o sedentarismo ou a má alimentação. Sempre falo sobre a importância da atividade física e da alimentação equilibrada. Inclusive, se quiser saber mais sobre o meu trabalho é só clicar aí embaixo.
Voltando ao assunto…
Fui convidada pelo fotógrafo Thiago Marzano para fazer algumas fotos e mostrar que as gordinhas podem se sentir bonitas, ter coragem pra fotografar e que não precisam esconder o corpo para se sentirem confortáveis. Confesso que foi difícil aceitar, porque até agora o Thiago só tinha fotografado gostosas e musas da internet, demorei para me sentir ok com o assunto, mas depois de conversar com muita gente decidi que era importante fazer as fotos, não só por mim, mas por todas essas meninas que têm medo de se assumirem como realmente são. Tá aí o resultado!
Se você quiser conferir todas as fotos é só clicar aqui.
Não sei o que vocês acharam do resultado das fotos, mas eu adorei a experiência toda e indico para todo mundo, homem/mulher, gordo/magro, alto/baixo, branco/negro/amarelo. Acho que todas as pessoas merecem algo assim de vez em quando.
E para as meninas gordinhas, vou colocar aqui uns links de tumblrs legais para vocês acompanharem e verem que podem se sentir gostosas, mesmo não seguindo o padrão de beleza imposto pelos desfiles de moda.
Only Cute Chubby Girls (NSFW – Traduzindo: TEM MULEH PELADA!!!)
TÁ FALADO!
segunda-feira, 30 de maio de 2011
Posted by Sabrina Gouveia
Tag :

Tudo começa no beijo...

Dia dos namorados chegando, amigos (e familiares) casando. O amor está no ar bitches!

Hoje me peguei pensando no Gênisis. No inicio do amor. Na descoberta de que aquele carinha ou aquela linda vai ser a pessoa ideal para galgar os degraus da vida ao seu lado.

Lógico que os tarados e taradas de plantão vão falar logo que sexo é 90% de um relacionamento. Talvez seja. Mas acho que não. Eu acho que tudo começa um pouco depois do flerte (essa palavra é tão bunita! *-*): no beijo.


O beijo é a primeira dica de que aquela pessoa "encaixa". Talvez seja a primeira e mais forte dica. Depois do beijo é que o resto acontece. E, acredite, se o beijo te broxar, o sexo, se acontecer, não vai entrar pra sua lista de coisas inesquecíveis. É o beijo que tem o papel de esquentar, de fazer pegar fogo. É o beijo quem vai dizer se vai haver outras coisas ou não.

Havendo sexo ou não, se o beijo não for bom, a coisa não anda. Não tem futuro. O beijo é o termômetro do relacionamento. Unidade de medida da paixão. Se não rolar a famosa "pegada" no beijo, não vai rolar no sexo! Não importa o tamanho do seu pau ou o quão habilidosa você é pra dançar na boquinha da garrafa. Se o beijo não colar, o sexo vai ser só sexo. Ótimo ainda, mas só sexo!


Aqui nesse link vc vai encotrar os 30 beijos do KamaSutra, só pra apimentar a bagaça! ;)

Sem contar que beijar na boca é sempre bom! É muito bom!
sexta-feira, 27 de maio de 2011
Posted by Leo Coutinho
Tag :

O Casamento

Essa instituição divinamente maldita que, assim como o cemitério, todo mundo vai pelo menos uma vez...

Você passa a vida anos procurando a pessoa perfeita, pensa que acha e sente aquela vontade de passar a vida inteira ao lado daquela pessoa. É aí que entra a bendita festa.


Você gasta rios de dinheiro com decoração, bolo, vestido, carro chique pra levar a noiva na igreja, roupas impecáveis pra você, padrinhos, madrinhas e daminhas de honra, dia da noiva, maquiagem, cabelo, aluguel de igreja, salão de festas, dj, banda... Coisas que você nem sequer imaginava que era preciso! Fica endividado por duas décadas por causa dessa linda festa!

Tem um estresse de escolher uma música que combine com os dois. Qual flor vai servir de enfeite. Aquele vestido que vai deixar a noiva a mulher mais linda do mundo aos seus olhos. O guardanapo das mesas! O horário... Tudo tem que estar perfeito! É um dos dias mais importantes da sua vida!


E é nessa noite que você percebe que TODO MUNDO se diverte, menos os mais interessados, que são os noivos! "Obrigações" com fotos pra prosperidade, cumprimentar todos os presentes, videos... Surgem 200 coisas que os noivos precisam decidir e organizar para que tudo permaneça perfeito.

Raros foram os casais que eu conheço que realmente se divertiram em seus casamentos. Acho que foi por isso que inventaram a lua-de-mel. Onde tudo deveria ser perfeito pra que os pombinhos se divirtam depois do casório.


Enfim. Esse pequeno post foi minha maneira distorcida de desejar felicidades, sorte e principalmente, paciência(!) pro meu irmão Rodrigo, vulgo RCC, que vai se casar com a doente mental da Mariana, que aceitou esse maluco na vida dela. rsrs


Felicidades! =D
quinta-feira, 26 de maio de 2011
Posted by Leo Coutinho

Mais Lidos

Facebook

O Mijão no Instagram

Pingos pelo Twitter

- Copyright © Pingo na Cueca -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -